Se for possível, não causes dor a ninguém, todavia, não prives a nenhum ser o privilégio de senti-la. A dor é como um rio inquieto em busca de novos caminhos, sedento pelo mar! Impedi-la ou evita-la, é retrocesso, é loucura. É calar o conselho do universo e não ter respostas do viver!