E de ar que preciso
o par de asas já tenho
decolar de uma colina
num céu azul sem fim
O infinito é a
a história
o amanhã, somente o voo
sobre o desfiladeiro.
E o ar
um pouco respirar
outro tanto usar
planar
no azul bonito do teu céu,
sobre as águas cristalinas do teu mar.