É o homem que o dinheiro… ou é o contrário?