Sem você, confesso, eu não vivo
Sem você minha é um castigo
Sem você prefiro a solidão
A sete palmos do chão