Não há nada de tão absurdo que o… Cícero

Não há nada de tão absurdo que o hábito não torne aceitável.