A tristeza da vaidade e a passageira felicidade da possessão são irmãs, porém nenhuma contribui com propósito algum.



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.