e quando o dia raiou

E quando o dia raiou, já não eram mais os mesmos pensamentos que me embebedavam a mente. Já não existiam mais as mesmas dúvidas, inquietações, já  não existiam mais fantasmas me roubando o sono. Sempre que o sol cresce, que os passarinhos começam a cantar e o fluxo da cidade começa a aumentar, gente indo e vindo de todos para todos os cantos,  cresce em mim também um vontade enorme de ir além, de seguir em frente, realizar os meus sonhos. Espero que, pelo menos até a hora de dormir, eu consigo hoje cumprir boa parte dos meus objetivos. Mas como sei que tão poucas horas não são suficientes para tantos quereres, prometo tentar dormir um pouco mais cedo e tentar amanhã de novo, com ainda mais vontade. (Matheus Rocha)



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.