Porque a felicidade, bem como o amor, é faísca – e faísca não barulho. (Kamila Behling)