Acho que o único julgamento que as pessoas deveriam fazer sobre alguém é se a pessoa é feliz ou não. Porque, na verdade, é isso o que importa no final das contas. E cada um é feliz por uma coisa diferente. Então, se você está vivendo para atender à expectativa dos seus expectadores, dê um surto de amor próprio e e vá correr atrás do que te faz feliz! E, sinceramente, o problema é de quem não gostar. Agradar aos outros não tem que ser mais importante do que agradar a si próprio.