Há um niilismo disfarçado de alegria nestes dias de Baco!