Com o tempo, a vida deixa memórias acesas, de corações desesperados, Que pedem pra pertencer novamente...